140 Canais TV

Assistir TV Online
Programação dos Canais ~>
Canal do Youtube
Facebook
Comunidade do Orkut
Twitter
Assistir TV Online HD - No Google

sábado, 23 de fevereiro de 2013

A MUDANÇA DA NOSSA TRAJETÓRIA DE VIDA

 Êxodo:  9. 33 – 35
Assim Moisés deixou o faraó, saiu da cidade, e ergueu as mãos ao Senhor. Os trovões e o granizo cessaram, e a chuva parou. Quando o faraó viu que a chuva, o granizo e os trovões haviam cessado, pecou novamente e obstinou-se em seu coração, ele e os seus conselheiros. O coração do faraó continuou endurecido, e ele não deixou que os israelitas saíssem, como o Senhor tinha dito por meio de Moisés. 
O faraó não queria permitir que os hebreus partissem, então, o Senhor disse a Moisés para procurá-lo e lhe dizer que faria cair sobre ele, seus funcionários e sobre seu povo uma chuva de pedras tão forte como nunca havia acontecido no Egito.
E assim aconteceu, caiu sobre aquela terra a pior tempestade de toda a sua história. A chuva foi tão forte que destruiu tudo que existia no campo, inclusive as pessoas e os animais.
Quando o rei se viu sem alternativa mandou chamar Moisés e Arão e lhes disse que reconhecia o seu erro e que deixaria o povo ir, já que o importante era a tempestade parar.
Moisés então lhe respondeu que, assim que estivesse fora da cidade, pediria a Deus que fizesse aquilo tudo cessar e assim fez, tão logo deixou aquele lugar orou ao Senhor e a tempestade parou.
Entretanto, quando o rei viu que as coisas tinham voltado ao normal, mudou de opinião e não permitiu que os israelitas deixassem aquele lugar, ou seja, não cumpriu o que tinha acordado com Moisés.
O texto enfatiza a mudança de opinião do rei, já que não cumpriu o acordado como Moisés e é disso que gostaríamos de focar nesse artigo, porém sob uma perspectiva um pouco diferente.
O faraó mudou de comportamento rapidamente, tão logo a chuva parou, porém, nesse artigo, gostaríamos de falar de uma forma de mudança que acontece em nossas vidas de um modo um pouco diferente, não tão rápida, mas devagar.
Estamos falando daquela mudança que vai ocorrendo conosco aos poucos, que nos vai tirando do nosso caminho vagarosamente e que vai derrubando nossos valores e nossos princípios sem que percebamos e que quando acordamos já estamos em outra estrada.
O que é importante frisar nesse tipo de mudança, é que ela ocorre de uma forma completamente diferente do acontecido com o rei. Começa quando vamos abrindo mão de pequenas coisas, passando a fazer concessões diminutas, isto é, iniciamos um processo de relativização das coisas e vamos seguindo em frente, por um caminho sem volta para cair em um abismo profundo.
É por isso que às vezes nos surpreendemos com alguma notícia a respeito de alguém que até custamos acreditar, como aquela pessoa que conhecemos pode ter cometido determinado ato. O que aconteceu, na realidade, foi à consumação de todo um processo de mudança de hábitos, conceitos, crenças, princípios, valores, que aos pouquinhos mudou a trajetória daquela pessoa, tirando-a de um determinado caminho e colocando-a em outro.
O intuito principal desse artigo é chamar a atenção para o fato de que precisamos estar muito alertas com os caminhos que estamos trilhando, se eles continuam coerentes com o que somos ou com o que pretendemos ser, se podem servir de exemplo de boas práticas para todos ou se ao longo do tempo fomos desviando-nos e já chegamos em um determinado ponto que não conseguimos voltar.
Para finalizar, gostaríamos de enfatizar que o rei fingiu uma mudança para tirar proveito de uma situação, porém essa a que estamos nos referindo pode mudar a nossa trajetória de vida. Pense nisso e deixe o seu comentário.
Postar um comentário