140 Canais TV

Assistir TV Online
Programação dos Canais ~>
Canal do Youtube
Facebook
Comunidade do Orkut
Twitter
Assistir TV Online HD - No Google

domingo, 17 de março de 2013

O OITAVO REI – APOCALIPSE 17: 11

anti-cristo-fimdomundo[1]
Apocalipse
17.11   E a besta, que era e não é, também é ele, o oitavo rei, e procede dos sete, e caminha para a destruição.
INTRODUÇÃO
Os Capítulos 13 e 17 de Apocalipse têm o objetivo de retratar simbolicamente enigmaticamente a figura de uma Besta, com sentido profético;
Para decifrar este complexo, profético e enigmático Enigma temos que começar  pelo enunciado de Apocalipse 17: 8 a 11:
Apocalipse
17.8 a besta que viste, era e não é, está para emergir do abismo e caminha para a destruição. E aqueles que habitam sobre a terra, cujos nomes não foram escritos no Livro da Vida desde a fundação do mundo, se admirarão, vendo a besta que era e não é, mas aparecerá.
Preste atenção: Três detalhes importantes estão em evidência:
“a besta que viste” = trata-se de uma figura metafórica denominada “BESTA” que no momento da visão estava sendo mostrada para o Apóstolo João e que no decorrer do texto (17: 1 a 18),  o Anjo monta o ENIGMA  PROFÉTICO  mais complexo de toda a Bíblia, no meu entendimento.
“desde a fundação do mundo” = este detalhe é de suma importância;
“emergir do abismo” = Está falando de Lúcifer que foi príncipe desde a fundação do Mundo, deixou de ser, e voltará a ser “príncipe” durante a Grande Tribulação.
17.9 Aqui está o sentido, que tem sabedoria: as sete cabeças são sete montes, nos quais a mulher está sentada. São também sete reis,
17.10 dos quais caíram cinco, um existe, e o outro ainda não chegou; e, quando chegar, tem de durar pouco.
17.11 E a besta, que era e não é, também é ele, o oitavo rei, e procede dos sete, e caminha para a destruição.
OITAVO REI = É o motivo deste complexo, enigmático e profético Estudo.
TIPO E ANTI -TIPO
Na Tipologia Bíblica temos que TIPO é uma relação representativa pré-ordenada que certas pessoas, animais, eventos, objetos e instituições têm com pessoas, eventos e instituições correspondentes que ocorrem numa época posterior na história da Salvação.
Símbolo Bíblico : Algum objeto material representando verdades espirituais;
TIPO = Representação metafórica profética  figurada
Anti-Tipo é o cumprimento da pré-figuração
BESTA = Figura Metafórica de Tipo diversificado, complexo e enigmático;
A Besta simboliza Lúcifer, Satanás, Diabo e Dragão no contexto dos Capítulos 12: 9; Capítulo 13 e Capítulo 17, de Apocalipse;
A Besta simboliza o Império Romano no contexto do Capítulo 13 e Capítulo 17 de Apocalipse;
A Besta simboliza o OITAVO REI – ANTICRISTO – no contexto profético e enigmático do Capítulo 13 e Capítulo 17 de Apocalipse;
Toda esta pré-figuração Tipológica vai definir e caracterizar o Anti-tipo do Oitavo Rei – Anticristo.
ANTICRISTO – OITAVO REI  = Será o cumprimento de toda a pré-figuração representada pela Besta
“a besta, que era” = trata-se de  Lúcifer que foi Querubim e Príncipe deste Mundo, já não é mais, pois, transformou-se em Satanás, porém será rei - o oitavo – e “incorporado” no Anticristo Governará o Mundo durante a Grande Tribulação;
PARA NÃO DEIXAR DÚVIDAS: A Besta inicialmente é Lúcifer que se transformou em Satanás, que vai “incorporar” no Anticristo, que terá 7 (sete) anos de ação durante a Grande Tribulação, com o apoio de 10 (dez) Nações oriundas do antigo Império Romano;
Atenção: para emergir do abismo precisa estar no abismo, e quem inicialmente foi lançado no abismo o Profeta Isaías 14: 12 a 15 nos mostra, enigmaticamente:
Isaías
14.12 Como caíste do céu, ó estrela da manhã, filho da alva! Como foste lançado por terra, tu que debilitavas as nações!
14.13 Tu dizias no teu coração: Eu subirei ao céu; acima das estrelas de Deus exaltarei o meu trono e no monte da congregação me assentarei, nas extremidades do Norte;
14.14 subirei acima das mais altas nuvens e serei semelhante ao Altíssimo.
14.15 Contudo, serás precipitado para o reino dos mortos, no mais profundo do abismo.
O QUE É O ABISMO?
Abismo não está ao alcance do pleno entendimento humano, da mesma forma que não entendemos perfeitamente o Paraíso;
No meu superficial entendimento o ABISMO é um local onde ficam os mortos aguardando o Juízo Final, e os Anjos caídos como forma de “prisão” e separação em relação a Deus;
ABISMO = trata-se, teologicamente, de uma forma espiritual de “prisão” e separação em relação a Deus que quanto maior o pecado, mais distante é esta separação e “sofrimento”. Ver os Artigos “A Salvação e a Vida Eterna”, e, “O ENIGMA DO INFERNO”, no Site.
A expressão “no mais profundo do abismo” nos mostra a extensão e complexidade desse local de “prisão” e de separação em relação a Deus.
Para quem deseja aprofundar-se nesse Assunto – Abismo – deixo as referências a seguir;
Lucas 8: 31; 2ª Pedro 2: 4; Romanos 10: 7;  Apocalipse 9: 1, 2 e 11; Apocalipse 17: 8; Apocalipse 20: 1 a 3.
A BESTA E O DRAGÃO
Apocalipse
12.9 E foi expulso o grande dragão, a antiga serpente, que se chama diabo e Satanás, o sedutor de todo o mundo, sim, foi atirado para a terra, e, com ele, os seus anjos.
DRAGÃO = Figura simbólica do Poder de Satanás através da Besta que recebeu esse Poder conforme  Apocalipse 13: 2b. – “e o Dragão deu-lhe o seu poder, e o seu trono, e grande poderio”
Apocalipse
13.11 Vi ainda outra besta emergir da terra; possuía dois chifres, parecendo cordeiro, mas falava como dragão.
Apocalipse
17.7 O anjo, porém, me disse: Por que te admiraste? Dir-te-ei o mistério da mulher e da besta que tem as sete cabeças e os dez chifres e que leva a mulher:
17.8 a besta que viste, era e não é, está para emergir do abismo e caminha para a destruição. E aqueles que habitam sobre a terra, cujos nomes não foram escritos no Livro da Vida desde a fundação do mundo, se admirarão, vendo a besta que era e não é, mas aparecerá.
A expressão “era” inicialmente simboliza  a figura de Lúcifer que era Querubim e Príncipe da Guarda do Jardim do Éden  de Ezequiel 28: 13;
Ver o Artigo “O Éden de Lúcifer – Ezequiel 28: 13”, no Site.
Com a Queda de Lúcifer e sua transformação em Satanás – Adversário – simboliza o Dragão ( Apocalipse 12: 9 ) que já opera, porém esperando a oportunidade de “incorporar”, e assumir a forma humana do Anticristo, conforme 2ª Tessalonicenses 2: 1 a 12;
O FALSO PROFETA
É uma figura simbólica de característica humana profética e enigmática ligada à Besta – Anticristo;
Falso Profeta é uma característica contida no Anticristo;
A expressão “Falso Profeta” é  citada três vezes conforme Apocalipse 16: 13; Apocalipse 19: 20 ; Apocalipse 20: 10, tudo em relação ao Anticristo:
Apocalipse
16.13 Então, vi sair da boca do dragão, da boca da besta e da boca do falso profeta três espíritos imundos semelhantes a rãs;
Apocalipse
19.20 Mas a besta foi aprisionada, e com ela o falso profeta que, com os sinais feitos diante dela, seduziu aqueles que receberam a marca da besta e eram os adoradores da sua imagem. Os dois foram lançados vivos dentro do lago de fogo que arde com enxofre.
Apocalipse
20.10 O diabo, o sedutor deles, foi lançado para dentro do lago de fogo e enxofre, onde já se encontram não só a besta como também o falso profeta; e serão atormentados de dia e de noite, pelos séculos dos séculos.
“séculos dos séculos” = Ver o Artigo “O Profético Reino Milenial”, no Site.
Como o Dragão para Governar necessita de uma pessoa, a figura do Falso Profeta entrará em cena incorporando a figura Metafórica da Besta e  Dragão;
Falso Profeta, Besta e Dragão caracterizarão o Oitavo Rei – Anticristo - na condição de Governante, Religioso e Falso Profeta;
Lúcifer não era inicialmente uma Besta com sete cabeças e dez chifres, porém com sua Queda transformou-se em Satanás – Adversário – pela ação do Mau que é Anti- Deus e Anticristo;
A Pessoa do Anticristo é um Mistério que somente será revelado no momento de sua Ação  durante a Grande Tribulação.
A  BESTA QUE SURGIU DO MAR E A BESTA QUE SURGIU DA TERRA
Apocalipse
13.1 Vi emergir do mar uma besta que tinha dez chifres e sete cabeças e, sobre os chifres, dez diademas e, sobre as cabeças, nomes de blasfêmia.
A expressão que surgiu inicialmente do Mar simboliza a sua origem Celestial como Lúcifer, que foi príncipe sobre todas as coisas criadas na Terra; O Mar, teologicamente, tem sentido de abrangência como fonte de vida. A Besta não poderia surgir do nada, logo, sua origem do Mar tem sentido Celestial na “pessoa” de Lúcifer;
A expressão que surgiu do Mar simbolizando a origem Celestial de Lúcifer, contextualiza com a expressão referente a Besta que era, é não é, mais aparecerá, explicado anteriormente ( Apocalipse 17: 8 );
Precisa ficar entendido que os textos referentes à BESTA são complexamente diversificados, ENIGMÁTICOS, e não estão em ordem cronológica;
Vejam que ela se apresenta surgindo do Mar, depois da Terra, porém sob o poder da primeira Besta com dois chifres parecendo cordeiro, mais falando como Dragão, depois de forma Escarlate, emergindo do abismo, sempre com sete cabeças e dez chifre, além de outros sentidos, porém o mais importante para este Artigo é que a Besta entre tantos significados é ela o OITAVO REI – ANTICRISTO ( Apocalipse 17: 11).
Apocalipse
13.11 Vi ainda outra besta emergir da terrapossuía dois chifres, parecendo cordeiro, mas falava como dragão.
13.12 Exerce toda a autoridade da primeira besta na sua presença. Faz com que a terra e os seus habitantes adorem a primeira besta, cuja ferida mortal fora curada.
A Besta que surgiu da terra com dois chifres e exerce o poder da primeira Besta na sua presença será o Anticristo que surgirá inicialmente com o poder  por imitação de Cristo, e que se revelará em sentido contrário; Por isso a expressão ANTICRISTO.
Por isso TAMBÉM a sua origem Celestial em Lúcifer que se transformou em Satanás
Por isso TAMBÉM a expressão: que surgiu da terra, isto é, de origem humana – Anticristo.
Por isso a expressão que exerce toda a autoridade da primeira Besta
Por isso a expressão na presença da primeira Besta
Cristo, como Cordeiro de Deus, tinha na Terra, simbolicamente e teologicamente, dois “chifres” - Poder – isto é, o Poder do Pai e do Espírito Santo;
Besta que surgiu da terra  caracteriza o ANTICRISTO que tem simbolicamente dois “chifres” - poder – isto é, Dragão e Falso Profeta ; Besta, Falso Profeta e Dragão correspondem à trindade Satânica;
Para não deixar dúvidas:
Apocalipse
13.11   E vi subir da terra outra besta, e tinha dois chifres semelhantes aos de um cordeiro; e falava como o dragão.
“dois chifres semelhantes aos de um cordeiro” : Chifre em Apocalipse corresponde a Poder
Cordeiro  = trata-se de Jesus
“parecendo cordeiro” = trata-se de Satanás
Dois chifres  = poderes que no caso de Jesus – encarnado – corresponde ao Espírito Santo e ao Pai, formando EM Jesus a Trindade Divina – O Filho (Cordeiro/Jesus), o Espírito Santo e o Pai.
No caso da “outra Besta” os dois chifres semelhantes aos de um cordeiro, em sentido contrário corresponde aoDragão e Falso Profeta ; Besta, Falso Profeta e Dragão correspondem à trindade Satânica;
AS CARACTEÍSTICAS ENIGMÁTICAS DA BESTA – ANTICRISTO
SETE CABEÇAS = cabeça que dizer reino – governo sob influência de Satanás
Apocalipse
17.9 Aqui está o sentido, que tem sabedoria: as sete cabeças são sete montes, nos quais a mulher está sentada. São também sete reis,
Preste atenção: as sete cabeças são também sete reis
DEZ CHIFRES = chifre que dizer poder que no caso da Besta serão dez Nações que apoiarão o Anticristo;
Apocalipse
13.2 A besta que vi era semelhante a leopardo, com pés como de urso e boca como de leão. E deu-lhe o dragãoo seu poder, o seu trono e grande autoridade.
Preste atenção: A Besta – Anticristo – recebeu do Dragão o poder, trono e grande autoridade (maligna ).
BESTA PARECENDO UM LEOPARDO = O Anticristo será uma “Fera” esguia, astuta e lépida.
BESTA COM PÉS DE URSO = O Anticristo deixará marcas profundas
BESTA COM BOCA DE LEÃO = O Anticristo despedaçará sem piedade as oposições.
CABEÇA FERIDA DE MORTE
Apocalipse
13.3   Então, vi uma de suas cabeças como golpeada de morte, mas essa ferida mortal foi curada; e toda a terra se maravilhou, seguindo a besta;
Cabeça quer dizer Reino = Golpeada de morte = trata-se da queda do SEXTO REINO - Império Romano – que deixou de existir em 1453 com a Queda de Constantinopla -
“mas essa ferida mortal foi curada” = Trata-se do Império Romano que vai ressurgir, enigmaticamentecaracterizado, através das dez Nações oriundas daquele Império e que apoiarão o Anticristo durante a Grande Tribulação;
Apocalipse
17.10 E são também sete reis: cinco já caíram, e um existe; outro ainda não é vindo; e, quando vier, convém que dure um pouco de tempo.
E são também sete reis” = Os seis principais Impérios Mundiais que Governaram o Mundo, e oprimiram o povo JUDEU,  incluindo o futuro governo do Anticristo:
Egito, Babilônia, Assíria, Medo/Persa, Grego, Império Romano, e futuro Governo do Anticristo;
“cinco já caíram” = Egito, Babilônia, Assíria, Medo/Persa, Grego;
“e um existe” = o Sexto Rei = o Apóstolo João estava falando do Império Romano que o mantinha preso na Ilha de Patmos, quando escreveu o Livro do Apocalipse;
Se considerarmos  ainda hoje a influência Militar, Política e Religiosa do Império Romano, o Sexto Rei ainda existe, enigmaticamente;
“outro ainda não é vindo; e, quando vier, convém que dure um pouco de tempo “ = o FUTURO Governo do Anticristo que vai durar cerca de 7 anos, tempo da Grande Tribulação;
Segundo o Profeta Daniel 9: 27 o período que caracterizará o Governo efetivo do Anticristo será durante a segunda metade da Grande Tribulação, isto é, três e anos e meio;
Daniel
9.27 Ele fará firme aliança com muitos, por uma semana; na metade da semana, fará cessar o sacrifício e a oferta de manjares; sobre a asa das abominações virá o assolador, até que a destruição, que está determinada, se derrame sobre ele.
Ver o Artigo “O Enigma Profético das Setenta Semanas de Daniel”, no Site.
“E PROCEDE DOS SETE”
O OITAVO rei é uma forma simbólica e enigmática de caracterizar que Satanás influenciou   todos os Reinos da Terra citados, e que oprimiram o Povo Judeu, por isso a expressão “e procede dos sete”;
Precisa ficar entendido que Israel é o centro enigmático para se entender o OITAVO REI.
“e caminha para a destruição” = A Grande Tribulação em que dois terços da Humanidade desaparecerão.
Ver o Artigo “O Enigma da Grande Tribulação”, no Site/Blog.
DETALHES PARA REFLEXÃO:
Jesus - o Cristo – exerceu Seu Ministério por cerca de três anos e meio;
Anticristo exercerá o seu efetivo Governo por cerca de três anos e meio;
Jesus - o Cristo – manifestou-se para o Mundo e iniciou o seu Ministério com cerca de 30 anos de idade;
Será  esta idade – cerca de 30 anos – que o Anticristo se manifestará???
OS OFÍCIOS TEOLÓGICOS DE JESUS E DO ANTICRISTO
Se Jesus Cristo possui, teologicamente, os Ofícios de Rei, Sacerdote e Profeta, logo, o Anticristo possuirá os Ofícios correspondentes, porém em sentido contrários, como está profetizado de Governante (Rei), Sacerdote (Religioso) e Falso Profeta;
OS OFÍCIOS DE JESUS.
Teologicamente Jesus possui 3 (três) Ofícios:
Sumo Sacerdote : Salmos 110: 4 e Hebreus 7: 17
Profeta : Deuteronômio 18: 15 e Atos 3: 22 e 23
REI : João 18: 36 e 37 e Zacarias 14: 9
TEOLOGICAMENTE O ANTICRISTO EXERCERÁ  3 (três) OFÍCIOS:
FALSO PROFETA : Durante a primeira metade da Grande Tribulação vai fazer sinais e prodígios, tudo no engano e mentira, pois ele engana que faz o bem. Usa e usará os seus mensageiros malignos e suas estratégias da cura pela saída dos espíritos de enfermidades do corpo das pessoas, por exemplos; (2ª Tessalonicenses 2: 9) ( Apocalipse 12: 9 ) (Apocalipse 19: 20); Ver o Artigo “Ministérios Contaminados”, no Site
RELIGIOSO (Sacerdote): Vai “unir” ou “reduzir”  todas as Religiões sob uma mesma Doutrina Satânica a ponto de exigir que seja adorado como um deus.; (2ª Tessalonicenses 2: 4) (Daniel  9: 27); Os Sistemas Religiosos estarão completamente modificados durante a Grande Tribulação;
GOVERNANTE (Rei) (Besta) : Vai governar o Mundo por 3 anos e meio durante a segunda metade da Grande Tribulação. Vai “unir”  ou “reduzir” todas as Nações sob suas ordens e poder Econômico, Político e Militar contra ISRAEL, mas o MESSIAS (Jesus) o derrotará e prenderá Satanás por 1000 anos. (Apocalipse 16: 16 ) (Apocalipse 17: 17) (Apocalipse 19: 19) (Apocalipse  20: 1 a 6 )
REPETINDO:
Jesus é o Cristo, assim sendo, o Anticristo terá por obrigação apresentar as mesmas características, porém em sentido contrário
A Besta (ANTICRISTO) terá a característica de Governante, Sacerdote e Falso Profeta, sendo que a Besta e o Falso Profeta é uma forma enigmática e correspondente de caracterizar o que Jesus afirmou sobre Ele e o Pai:
“EU E O PAI SOMOS UM” ( João 10: 30 )
A Besta e o Falso Profeta são na verdade o correspondente CONTRÁRIO do Pai e o Filho:
“Quem me vê a mim, vê  o Pai” ( João 14: 8 a 11 ) – Deus encarnado
Na verdade Jesus estava dizendo: Quem me vê a mim vê também o Espírito Santo, e, o Pai, ISTO É, vê a Trindade, ou melhor, Eu, o Espírito Santo e o Pai somos UM ( João 10: 30 ).
Jesus estava contido – cheio – revestido – do Espírito Santo ( Lucas 1: 35 ) (Lucas 3: 22).
- Jesus estava cheio do Espírito Santo por Seu nascimento sobrenatural (Lucas 1: 35 )
LUCAS 1: 35 = Respondeu-lhe o anjo: Descerá sobre ti o Espírito Santo e o poder do Altíssimo te envolverá com a sua sombra; por isso também o ente santo que há de nascer , será chamado Filho de Deus”.
“com a sua sombra” =  sombra representa, teologicamente e enigmaticamente, a presença da ação Divina.
- Confirmada a Sua condição Divina quando do Seu Batismo, por João Batista, no simbolismo da “pomba”,dando início ao Seu Ministério para Salvação ( Lucas 3: 22 )
Quem vê  a Besta, vê o Falso Profeta ( Apocalipse 13: 11 a 18 ) – Satanás incorporado.
Preste atenção, novamente, na afirmação de Apocalipse 13: 11 :
“E vi subir da terra outra besta, e tinha dois chifres semelhantes aos de um cordeiro; e falava como dragão”
“dois chifres semelhantes aos de um cordeiro” : Chifre em Apocalipse corresponde a Poder
Cordeiro lembra a Jesus
Dois chifres  = poderes que no caso de Jesus – encarnado – corresponde ao Espírito Santo e ao Pai, formando EM Jesus a Trindade Divina – O Filho (Cordeiro/Jesus), o Espírito Santo e o Pai.
No caso da “outra Besta” os dois chifres semelhantes aos de um cordeiro, em sentido contrário corresponde ao Dragão e o Falso Profeta – Besta, Falso Profeta e Dragão correspondem à trindade Satânica;
“Falava como Dragão” = Falava como o próprio Satanás;
Em sentido teológico a Besta e o Falso Profeta falavam como o próprio Satanás;
Quem vê a Besta vê o Falso Profeta revestido de Satanás – falava como Dragão
O ANTICRISTO estará – cheio – revestido – do Espírito Maligno (Apocalipse 13: 2)
O enigma da Besta, Falso Profeta e o Dragão pré-figuram o ANTICRISTO encarnado;
Apocalipse 16: 13 = E da boca do dragão, e da boca da besta e da boca do falso profeta vi sair três espíritos imundos, semelhantes a rãs.
RÃS = Representação metafórica de espíritos malignos (imundos);
Enigmaticamente os três – Dragão, Besta e Falso profeta – formam uma trindade satânica por emitirem a mesma espécie (rãs) com características idênticas (demônios), discernindo a natureza do Anticristo.
ENTENDEU o sentido enigmático de Apocalipse 16: 13?
RESUMINDO = E da boca do Anticristo vi sair três espíritos imundos, semelhantes a rãs: Dragão, Besta e Falso Profeta.
O ANTICRISTO será  o Anti-Tipo da trindade satânica:
- Rei (Governante)
- Religioso (Sacerdote)
- Falso Profeta.
Anti-Tipo é o cumprimento da pré-figuração
“E a besta foi presa, e com ela o falso profeta, que diante dela fizera os sinais, com que enganou os que receberam o sinal da besta, e adoraram a sua imagem. Estes dois foram lançados vivos no ardente lago de fogo e de enxofre” ( Apocalipse 19: 20 )
BESTA = Figura Metafórica do poder Satânico do Anticristo;
DRAGÃO = Figura Metafórica do poder de Satanás;
FALSO PROFETA = Figura Simbólica de característica do Anticristo que agirá como um falso profeta durante a Grande Tribulação, com sinais e prodígios da mentira e da “justiça” (2ª Tessalonicenses 2: 9);
Pense Nisso:
O Falso Profeta foi lançado vivo no Lago de Fogo juntamente com a Besta = o Falso Profeta  tem sentido humano, logo, A Besta está contida no Falso Profeta e são a mesma “pessoa”;
PRESTE ATENÇÃO
Em nenhuma referência do Livro de Apocalipse é citada a expressão  ANTICRISTO;
O Anticristo é uma pessoa enigmática e profética contida na Besta, Dragão e Falso Profeta
A Besta e o Falso Profeta foram lançados vivos no Lago de Fogo porque representam a mesma “pessoa”  do Anticristo;
A Besta como figura metafórica não tem sentido ser lançada viva no Lago de Fogo, por isso a expressão enigmática de ser lançada viva junto com o Falso Profeta.
QUEM VÊ A BESTA, VÊ O FALSO PROFETA = Anticristo = Dragão = Satanás ( Apocalipse 12: 1 a 17 ).
Quem pode entender tamanho Mistério?!
O Anticristo é ao mesmo tempo a Besta, o Falso Profeta e o Dragão, isto é, o Oitavo Rei.
A MULHER ASSENTADA SOBRE A BESTA
Apocalipse
17.3 Transportou-me o anjo, em espírito, a um deserto e vi uma mulher montada numa besta escarlate, besta repleta de nomes de blasfêmia, com sete cabeças e dez chifres.
A expressão “Besta escarlate” tem o sentido de caracterizar a majestade do Império Romano, porém sob a influência de Satanás, principalmente, contra Israel, isto é, contra os Judeus.
Mulher = Sistema Religioso “assentado”  e influenciado  sobre o Império Romano num determinado Período da História ;
Apocalipse
17.9 Aqui está o sentido, que tem sabedoria: as sete cabeças são sete montes, nos quais a mulher está sentada. São também sete reis,
A descrição da Besta escarlate cujas sete cabeças são também sete montes têm o sentido de identificar o Império Romano que durante milhares de anos dominou grande parte do Mundo, incluindo ISRAEL, e, sua relação profética com o Anticristo, através de dez Nações;
A Capital do Império Romano estava localizada na Região conhecida como os Sete Montes de Roma.
ROMA como Cidade não deixou de existir, e certamente será a Capital do Oitavo Rei.
Os dez chifres da Besta escarlate tem sentido profético para as dez Nações, oriundas do Império Romano que apoiarão o Anticristo, durante a Grande Tribulação;
Não esquecer que o Oitavo Rei PROCEDERÁ dos sete reinos já explicados;
Por questões de respeito às pessoas e poderes constituídos que a Profética e Enigmática simbologia de Apocalipse 17: 3 e sua relação com os versículos 4, 5, 6, 7, 9, 15, 16, 18 representam, deixo de emitir minha interpretação;
Nada impede que os estudiosos se debrucem em interpretá-los à luz da Teologia para atenderem os seus conhecimentos em particular;
Meu objetivo neste estudo é caracterizar o OITAVO REI que espero ter conseguido, apesar de minhas limitações e imperfeições;
RESUMINDO:
O ANTICRISTO é uma pessoa que certamente já vive entre nós, porém anonimamente;
Sua primeira Ação será como um Falso Profeta após o Arrebatamento da Igreja e durante os três anos e meio, a partir do Arrebatamento ( Apocalipse 19: 20 );
Após o Arrebatamento sucederão os Juízos de Deus quando o Falso Profeta, guiado pelo Estrategista do Mal –  Satanás – Diabo – Dragão – ex-Lúcifer – fará as maravilhas do engano e da mentira ( 2ª Tessalonicenses 2: 9 );
A partir da metade dos sete anos Proféticos, quando a Humanidade enganada pensar que o Falso Profeta é o “Salvador”  Divino, ele se transformará numa “Besta”, mostrando a sua verdadeira personalidade, e apoiado por dez Nações oriundas do antigo Império Romano, governará o Mundo, implantando um “Sinal” de controle total ( Daniel 9: 27) ( Apocalipse 13: 16 e 17);
Ver o Artigo “A Copa do Mundo e os Sinais de Deus”, no Site, em relação ao Sinal de Deus
Construirá um Templo em Jerusalém e exigira adoração por todos os Povos – Nações ( 2ª Tessalonicenses 2: 4 );
ISRAEL que acreditava ser o Falso Profeta – o Messias – descobre o engano e não se submete ao declarado ANTICRISTO – O OITAVO REI – redundando na Batalha do Armagedom, Volta de Jesus , derrota do Anticristo (Oitavo Rei) e Período Milenial ( Apocalipse 16: 16 ) ( Apocalipse 20: 1 a 6 ).
Alguém há de conjecturar sobre as Potentes Nações, como a China, Índia e Japão, apenas como exemplos, que não são parte do antigo Império Romano, em relação ao controle do Anticristo;
A Grande Tribulação vai atingir o Mundo por completo reduzindo as maiores Potências ao nível de controle do Anticristo.
Certamente deixei a desejar em detalhes, porém acredito ter acertado no conteúdo, e aberto um caminho para maiores aprofundamentos, considerando que apenas dei uma “pincelada” e,  considerando que existem muitas interpretações Teológicas sobre o Assunto.
Reconheço que fui bastante repetitivo em textos e explicações, porém a complexidade do Assunto envolvendo a figura metafórica da Besta, do Dragão e a figura simbólica do Falso Profeta, em várias e repetidas referências Bíblicas, levou-me aprolixidade.
CONCLUSÃO
Teologicamente, a metafórica  Besta, que recebeu todo o poder do Dragão, é o Anticristo, e o Falso Profeta é uma característica do Anticristo contido enigmaticamente na metafórica Besta do Oitavo Rei;
Oitavo Rei é um dos Assuntos mais complexo e enigmático de todos os quais já me propus estudar, motivado por uma pergunta de um Leitor do Site que desejava saber quem é o Oitavo Rei.
O Oitavo Rei (Besta) será o Anticristo (Falso Profeta) sob a influência de Satanás (Dragão), apoiado por dez Nações (chifres) oriundas do antigo Império Romano, que “reinará” no Mundo por sete anos (cabeças), sendo que governará efetivamente o Mundo por três anos e meio (Daniel 9: 27), e que será derrotado pela sobrenatural Vinda de Jesus, terminando com a Grande Tribulação e instituindo o Milênio.
Ver o Artigo “O Profético Reino Milenial”, no Site/Blog.
Deixei de abordar detalhes específicos sobre o Anticristo por existir no Site/Blog um Artigo abrangente sobre esse personagem profético e enigmático:
Não deixe de ler o Artigo “O ANTICRISTO”, no Site/Blog.
Não deixe de ler, também, os Artigos a seguir que completam as informações para se entender o momento importante que estamos vivendo:
“A Bíblia, Jesus e o Anticristo”
“O Profético e Enigmático Arrebatamento da Igreja”
“O Enigma da Grande Tribulação”
“As Crianças e a Grande Tribulação”
“O Enigma do Inferno”
CONCLUSÃO FINAL
COMO MORRE O OITAVO REI?
Apocalipse
19.20 Mas a besta foi aprisionada, e com ela o falso profeta que, com os sinais feitos diante dela, seduziu aqueles que receberam a marca da besta e eram os adoradores da sua imagem. Os dois foram lançados vivos dentro do lago de fogo que arde com enxofre.
Os acontecimentos que se desencadearão com o Arrebatamento da Igreja, seguida da Grande Tribulação e Volta de Jesus para implantar o Reino Milenial serão de tais maneiras transcendentais e sobrenaturais;
Desta forma a morte do OITAVO REI – Anticristo, que também é sobrenatural, nas figuras da Besta e do Falso Profeta, lançados vivos no sobrenatural Lago de Fogo, não está ao alcance do nosso entendimento natural.
Da mesma forma que a natureza HUMANA do Anticristo será sobrenatural, assim também, sua morte será sobrenatural, na condição de Falso Profeta e Besta.
Satanás – ex-Lúcifer – apresentado enigmaticamente e metaforicamente como Besta e Dragão, será preso por mil anos no Final da  Grande Tribulação; Será solto após os mil anos para desencadear a última prova sobre a Humanidade, e em seguida será derrotado definitivamente com os demais demônios e lançado no Lago de Fogo, onde sua “natureza” espiritual e as dos demais demônios desaparecerão;
Ver o Artigo “A Origem do Mau”, no Site, para entender a Segunda Morte e a finalidade do Lago de Fogo.
Certamente entre os milhares de leitores deste Artigo haverá alguém que venha a fazer a seguinte pergunta:
- O quê eu tenho a ver com o OITAVO REI ?!
Bem! Se ficar para a Grande Tribulação e sobreviver aos primeiros Juízos de Deus, quando dois terços da Humanidade desaparecerão ( Zacarias 13: 8 e 9 ) terá que optar entre se submeter ao Governo do OITAVO REI e ter o mesmo destino, OU ser martirizado em favor da Salvação ( Apocalipse 20: 1 a 6).
Postar um comentário