140 Canais TV

Assistir TV Online
Programação dos Canais ~>
Canal do Youtube
Facebook
Comunidade do Orkut
Twitter
Assistir TV Online HD - No Google

terça-feira, 28 de outubro de 2014

No Paquistão dois Cristão são mortos e igrejas queimadas

Dois cristãos perderam a vida e outros dois encontram-se em estado grave, depois de terem sido atacados a tiro, alegadamente por um grupo de jovens muçulmanos, em Hyderabad, no Paquistão. 

De acordo com a AsiaNews, o caso ocorreu esta segunda-feira, numa altura em que a comunidade cristã local estava a festejar o 30.º aniversário da fundação da sua igreja.

A agência de notícias relata que um grupo de jovens muçulmanos começou a perturbar os festejos, incomodando as mulheres cristãs que estavam a chegar à igreja.

Younis Masih e Jameel Masih, de 47 e 22 anos, respectivamente, saíram em sua defesa, tendo posteriormente sido mortos a tiro pelos agressores.

Deste conflito resultou ainda dois feridos graves, também cristãos, que foram transportados para o hospital mais perto, em Karachi, no sul do país.

Recordemos que, no dia 2 de Março, o ministro paquistanês para as Minorias Étnicas, Shabbaz Bhatti, único cristão do Governo, foi assassinado na capital Islamabad, depois de ter criticado a “lei da blasfémia” em vigor no país.

O decreto, que já originou a prisão de vários cristãos, prevê a pena de morte para atos que ofendam o profeta Maomé.

Segundo também informa o Pakistan Christian Post, a violência foi desencandeada como uma resposta dos muçulmanos a queima do AlCorão feito pelo Pastor Terry Jones.

Os recentes episódios de violência aumentaram o nível de alerta em torno da segurança de Asia Bibi, a mulher Cristã de 45 anos mãe de cinco filhos, presa e condenada por "blasfêmia". A Fundação Masih relatou que "apesar das medidas de segurança", Asia Bibi corre perigo. Ela não pode comer a comida da prisão por risco de envenenamento, os ingredientes são levados para que ela mesmo cozinhe. A Cristã tem passado esse tempo jejuando e rezando por sua vida e pelos Cristãos do Paquistão. A Igreja Católica pediu para que todos rezem por ela.
Postar um comentário