140 Canais TV

Assistir TV Online
Programação dos Canais ~>
Canal do Youtube
Facebook
Comunidade do Orkut
Twitter
Assistir TV Online HD - No Google

segunda-feira, 6 de janeiro de 2014

Morre em São Paulo, aos 66 anos, o cantor Nelson Ned

Nelson Ned (Foto: Reprodução)Nelson Ned (Foto: Reprodução)
O cantor e compositor Nelson Ned morreu na manhã deste domingo, 5, no Hospital Regional de Cotia, em São Paulo. A informação foi confirmada pela assessoria de imprensa do local por volta das 12h.
"Nelson faleceu no início desta manhã em decorrência das complicações de seu quadro clínico. Ele já chegou ao hospital em estado grave, com uma pneumonia. Os médicos iniciaram o tratamento, mas ele não respondeu e acabou indo a óbito", declarou a representante da instituição.
De acordo com o site G1, Nelson teria sido internado na véspera. O velório do cantor está previsto para começar por volta das 14h no cemitério Horto da Paz, em Itapecerica da Serra, em São Paulo, e deve ser finalizado às 19h - o horário previsto para o fim, inicialmente, era às 17h, mas deve ser adiado para a chegada de uma irmã de Ned que mora no Rio. Ele será cremado.
Segundo a Funerária Muncipal de Cotia, que irá cuidar da cremação do corpo do cantor, a certidão de óbito de Nelso acusa que ele morreu às 7h25 em decorrência de "choque septico, sepse, broncopneumonia e acidente vascular cerebral".

Agnaldo Timóteo deu ajuda financeira
Marcio Timóteo, filho de Agnaldo Timóteo, grande companheiro de trabalho de Nelson, contou ao EGO que o pai já sabe da notícia e ficou muito emocionado. Quando era vereador de São Paulo, ele deu ajuda financeira para o amigo e foi ele quem conseguiu uma vaga no abrigo de Cotia onde ele estava internado, Recanto São Camilo, que não quis dar nenhuma informação sobre o período em que o cantor esteve no local.
"Meu pai recebeu a notícia de uma funcionária do abrigo logo cedo. Ele se emocionou muito... Gostava muito do Nelson, os dois começaram a carreira juntos, né? Mas ele sabe que fez de tudo que podia por ele e todo mundo tem que ir embora alguma hora. O Nelson não estava com a cabeça boa e tinha várias doenças, entre elas a diabetes que acabou o fazendo perder a visão", revelou. "Enquanto foi vereador, o meu pai conseguiu ajudar demais o Nelson. Pagou várias dívidas para ele não perder a casa dele no Morumbi e até fez um acordo financeiro com as empregadas que ele tinha para que ele não o colocassem na Justiça. Tinha um remédio de R$ 120 mil que ele tomava que o meu pai conseguiu depois que procurou o ministro da saúde", acrescentou.
Marcio também contou que Nelson acabou indo parar no abrigo onde estava porque sua irmã Neuma pediu que Agnaldo o tirasse de casa para ser mais bem cuidado. "O Nelson vivia há pelo menos uns 10 anos com a Cida, a mulher dele. Mas ela bebia muito e acabava não cuidando dele direito. Ele ficava sem tomar remédio, sem comer... E eles não tinham dinheiro para pagar uma empregada. Aí a Neuma pediu para que o meu pai conseguisse um lugar onde ele tivesse o tratamento adequado", afirmou o filho de Timóteo, que ainda contou que a casa onde o cantor morava é alvo de uma disputa entre sua companheira e seus filhos, que não a aceitam.
'Muito bom e companheiro', diz ex-empresário
O empresário Toninho, que atualmente trabalha com Aguinaldo Timóteo, também acompanhou de perto a carreira de Nelson Ned no auge, no anos 1970. Segundo ele, Nelson era um homem "Muito bom e companheiro" e que não tinha problemas em ser anão (o artista media 1,12m). "Ele era tranquilo em relação a isso. Um vez estávamos nos preparando para fazer um show em Itapeva, no interior de São Paulo, e ele percebeu que o palco era muito baixinho. Então, me pediu para arrumar uma mesa, porque queria cantar em cima dela", contou.
Com 32 discos gravados em português e espanhol, Ned cantou no Carnegie Hall e no Madison Square Garden, ambos em Nova York. Em 1996, lançou a biografia "O pequeno gigante da canção", que fazia referência à sua altura, de 1,12m.
Gugu Liberato faz homenagem em rede social
O apresentador Gugu Liberato, que fez uma matéria com o cantor recentemente para seu antigo programa, postou algumas imagens da entrevista  - assista! - no Instagram no começo da tarde. Nelas, o cantor aparece bem debilitado e falando sobre o AVC que sofreu. "Descanse em paz Nelson Ned. Homenagem feita no Programa do Gugu", escreveu na legenda.
Com 66 anos, Nelson Ned, que era mineiro de Ubá, ganhou fama nos anos 60 e 70 como intérprete de músicas românticas, como "Tudo passará", seu maior sucesso, lançado em 1969 e regravado cerca de 40 vezes. Em 2003, o artista sofreu um acidente vascular cerebral e desde então vivia sobre os cuidados da família, em São Paulo.
Nelson Ned (Foto: Reprodução)Nelson Ned
Postar um comentário